Advocacia, ética e respeito.
Terça-feira
07 de Dezembro de 2021 - 

Controle de Processos

Usuário
Senha
Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,69 5,69
EURO 6,41 6,41
LIBRA ES ... 7,53 7,53

Previsão do tempo

Hoje - Taubaté, SP

Máx
23ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - Taubaté, SP

Máx
23ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Taubaté, SP

Máx
24ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Em evento sobre auditoria nos tribunais, presidente do STJ exalta eficiência e transparência do Judiciário

​O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, afirmou nesta terça-feira (19) que o Poder Judiciário brasileiro está unido em favor da gestão eficiente e transparente dos recursos públicos, por meio da evolução constante dos sistemas de auditoria.A afirmação foi feita na abertura da primeira edição do Fórum Permanente de Auditoria do Poder Judiciário, evento virtual realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com programação até esta sexta-feira (22). O objetivo é promover o debate do cenário atual e do futuro das atividades de auditoria, com foco na melhoria dos processos de gerenciamento de riscos, controles internos, integridade e governança.Em seu discurso, o presidente do STJ destacou também a importância da auditoria para a atuação estratégica da corte a médio e longo prazos: "Essa atividade auxilia o tribunal a cumprir seus objetivos estratégicos, por meio de uma abordagem sistemática e disciplinada para avaliar e aperfeiçoar a governança, o gerenciamento de riscos e os controles internos".Auditoria fortalece o enfrentamento à corrupção e a eficiência do gasto públicoAnfitrião do evento, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, ministro Luiz Fux, ressaltou que o aperfeiçoamento das ferramentas de auditoria nas instituições é fundamental para o combate à corrupção – fenômeno que, segundo Fux, resultou em perdas humanas na pandemia. "A corrupção significa a falta de um leito no hospital, de uma merenda na escola e de saneamento, o que levou essa população carente e abandonada a morrer, em números alarmantes, em decorrência da Covid-19", declarou.Também presente à abertura, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas – um dos palestrantes do encontro – defendeu o papel da auditoria para otimizar a aplicação de recursos públicos em um contexto de crise econômica e fiscal."Atualmente, o possível no Brasil é trabalhar com o orçamento limitado que temos e, a partir disso, extrair o máximo em benefício da população", disse ele.
20/10/2021 (00:00)
Visitas no site:  2433954
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.