Advocacia, ética e respeito.
Quarta-feira
29 de Junho de 2022 - 

Controle de Processos

Usuário
Senha
Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,22 5,22
EURO 5,53 5,54
LIBRA ES ... 6,42 6,43

Júri realizado em Santo André condena réu por feminicídio contra garota de programa

Reconhecido o menosprezo à condição de mulher.     Tribunal do Júri realizado na Comarca de Santo André condenou, ontem (19), acusado de feminicídio contra garota de programa. A pena foi fixada em 12 anos de reclusão, em regime inicial fechado.     De acordo com as peças do processo, réu e vítima se conheceram numa boate e foram a um motel da cidade. Chegando lá, a mulher se recusou a manter relações sexuais, motivo que levou o rapaz a atirar no olho esquerdo da vítima, causando sua morte.     Ao fixar a pena, a juíza Milena Dias citou que as duas circunstâncias qualificadores (recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, em razão de menosprezo à condição de mulher) tornam o crime ainda mais reprovável. A magistrada também levou em conta a admissão da prática dos fatos e o arrependimento. "A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado, diante da hediondez do crime, conforme expressa previsão legal e, ainda, diante do montante aplicado", afirmou.     Cabe recurso da decisão. O réu não poderá apelar em liberdade.     Processo nº 1504193-39.2021.8.26.0554          imprensatj@tjsp.jus.br       Siga o TJSP nas redes sociais:     www.facebook.com/tjspoficial     www.twitter.com/tjspoficial     www.youtube.com/tjspoficial         www.flickr.com/tjsp_oficial     www.instagram.com/tjspoficial     www.linkedin.com/company/tjesp
20/05/2022 (00:00)
Visitas no site:  2783231
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.